Pulseira mordedor: 7 motivos para comprar hoje!

A pulseira mordedor reúne, em um só artigo, funções que vão agradar as mães e os bebês. Sua utilização contempla moda, saúde e a segurança da criança, em fases tão complexas, como a dos primeiros meses de vida.

Por isso, o Blog da Goodiresolveu produzir uma lista com sete motivos para você adquirir a sua ainda hoje!

1 – Aliviam a gengiva do bebê

O nascimento dos primeiros dentes das crianças costumam aumentar a sensibilidade na boca e gengivas.

A pulseira mordedor Goodi é uma ferramenta que pode trazer alívio, deixando os pequenos menos aflitos – e os pais mais tranquilos.

2 – Acalmam os pequenos

Coloridas e feitas com um material atrativo aos bebês, elas servem como brinquedos que trazem calma às crianças, que adoram manuseá-los e, é claro, colocar na boca.

Nessa fase, que é chamada de oral, os pequenos utilizam a boca para conhecer o mundo – e suas diversas sensações, como o calor, frio, dor, o macio etc.

3 – Podem ser utilizados em diversas situações

Uma pulseira é um item que acompanha as mães durante todos os afazeres do dia. Sendo assim, ter uma pulseira mordedor Goodi significa ter algo sempre por perto, para entreter os bebês.

4 – São produzidas com foco em qualidade e segurança

Os produtos Goodi, como os colares e pulseiras mordedores, são produzidos 100% em silicone. São atóxicos, hipoalergênicos, livres de BPA e ftalatos.

Por serem de silicone, não soltam tinta, não têm gosto nem cheiro. Para serem higienizadas, basta utilizar água fervente.

5 – São macias e confortáveis 

Ainda falando da composição, por ser uma joia de silicone, as pulseiras mordedores Goodi não machucam ou incomodam, pois possuem bordas arredondadas.

Isso significa conforto tanto para quem está usando no braço quanto para o bebê, que vai colocá-la na boca.

6 – A pulseira mordedor é linda!

A equipe de criação de joias da Goodi desenvolve seus produtos com foco nas últimas tendências da moda e estilo.

O resultado é que as pulseiras mordedor dão um show em design e cores. Acesse o nosso catálogo e conheça as diversas combinações possíveis.

7 – Você pode comprar agora mesmo, com poucos cliques!

A loja virtual Goodi oferece os mais diversos modelos de pulseira mordedor para que, de forma fácil e intuitiva, você possa comprar e escolher seu produto na cor desejada.

Acesse e compre hoje!

Quais os melhores tipos de mordedores para bebê?

Morder, pegar, carregar, brincar. É comum ver uma criança aliviando as gengivas e os dentes que estão nascendo com esses acessórios, mas como escolher os melhores tipos de mordedores para bebê?

A Goodi é a marca especializada em colares mordedores, que oferece modelos com estilo e funcionalidade. Já que esse é um assunto que faz parte do nosso dia a dia, neste artigo vamos trazer um pouco sobre como escolher o produto ideal para a mãe usar junto com seu bebê.

Antes de conhecer quais os modelos e possibilidades, é importante saber um pouco dos motivos que fazem dos mordedores itens tão utilizados (e desejados) pelos pequenos.

Por que os bebês amam mordedores

A presença do mordedor na vida de uma criança acompanha a evolução do nascimento dos seus primeiros dentes. No entanto, essa não é a única função desse item.

Bebês colocam objetos na boca na chamada “fase oral”. Ao escolher um brinquedo ou acessório semelhante a um mordedor, a criança poderá utilizá-lo para diversas situações como:

  • Aliviar ardências, coceiras e sensibilidade nas gengivas;
  • Acalmar os bebês;
  • Chamar a atenção dos pequenos, deixando-os concentrados;
  • Incentivar a movimentação da língua no interior da boca.

Os melhores tipos de mordedores

Cada natureza de mordedor pode ser adequado a uma etapa do crescimento dos bebês. Selecionamos os principais:

Brinquedo mordedor

A importância de oferecer um mordedor ao bebê é a chance de prevenir que ele coloque outro tipo de objeto ou peça inadequada na boca.

Podem ser utilizados, inclusive, nos momentos anteriores à aparição dos primeiros dentinhos.

Opte por marcas que ofereçam um design mais adequado à fase que os pequenos estão atravessando.

Anéis de dentição

Os anéis mordedores ou anéis de dentição são itens que têm o formato adequado à mordida do bebê. São utilizados para acalmar as gengivas e aliviar o desconforto do nascimento dos primeiros dentinhos – eles adoram morder o acessório.

Colares mordedores

Opção mais moderna e versátil para bebês, os colares mordedores conseguem aliviar as gengivas e dentes das crianças nos mais diversos momentos: no colo das mães, que podem estar em pé ou sentadas.

A Goodi oferece variados modelos de colares mordedores e pulseiras, com especificações sobre os materiais do produto, sua higienização, segurança e a faixa etária indicativa.

São colares feitos 100% em silicone, hipoalergênicos, livres de BPA e ftalatos. E, ainda por cima, são belas peças de moda e estilo. Acesse a loja virtual Goodi e escolha o melhor mordedor para você usar junto com seu bebê.

Como estimular a criatividade do seu bebê nos primeiros meses de vida?

Acompanhar a evolução do desenvolvimento do seu filho é um dos maiores prazeres que se pode ter, afinal de contas, é observar o crescimento de um ser-humano e acompanhar esse processo de pertinho, fazendo parte diretamente disso. E para que ele se torne cada vez mais inteligente, sua influência desde pequenininho é fundamental no desenvolvimento intelectual, motor, social e emocional.

Para te ajudar a nessa fase, separamos algumas dicas que auxiliam no estímulo da criatividade do seu bebê nos primeiros meses de vida:

As cores e as formas

A partir dos 3 meses, a criança passa a notar as cores, pois sua visão começa a desembaçar e passa a ficar mais nítida. Nesta fase, brinquedos coloridos e móbiles são extremamente atrativos para os pequenos. As joias mordedoras da GOODI, são revestidas de silicone e servem como brinquedos deliciosos para os bebês morderem, sentirem e se distrair. Coloridas e seguras, enquanto você amamenta eles estimulam a criatividade, o tato e a visão.

Os livros

Os livros são os melhores amigos que alguém pode ter, principalmente se for desde pequeno! A partir dos 3 meses, você já pode passar a brincar com livros de plástico no banho, e no sexto mês, inserir os de pano, para que ele possa tocar, sentir e até mesmo morder. Desde sempre, converse com ele, mostre a capa, os desenhos, faça ele virar as páginas, estimulando a interação direta com o livro, se interessando.

As brincadeiras

Jogos da memória são muito importantes para armazenar conhecimento, mas brinque sempre dentro de um contexto, para que ele faça associações verdadeiras. A partir dos dois anos e meio, eles começam a encaixar as coisas, trabalhando a coordenação visomotora, que é a noção que temos de tamanho apenas com os olhos, nesta fase, um pequeno quebra-cabeça é muito bem-vindo. O improviso também é uma das brincadeiras mais estimulantes para a imaginação dos pequenos! Crie personagens, conte histórias, deixe a criatividade fluir junto a eles.

As músicas

A partir da 20ª semana de gestação, os primeiros sinais da audição do bebê começam a surgir e daí em diante, a ligação com o mundo exterior passa a ser mais real. A audição é um dos sentidos mais preciosos que carregamos, e a música é, sem dúvida, algo fundamental para todos nós. Por isso é importante que você converse com o seu bebê desde a gravidez, e que depois, vocês dividam momentos de dança e música. A partir do 7º mês de vida, bata palmas com ele ao som da música que curtem, intercalando entre ritmos mais rápidos e outros mais lentos, para que ele note a diferença. Enquanto ele se diverte, estimula sua coordenação e criatividade.

As perguntas

Já um pouquinho maior, quando começam a falar, uma chuva de dúvidas começa a cair sobre você com perguntas engraçadas e até mesmo constrangedoras. Mas não peça para que parem, pois é muito importante para a criança ter suas perguntas respondidas a fim de entender o mundo em que vivem, para que compreendam as coisas. Dentro dessas dúvidas moram a criatividade, imaginação, questões emocionais e sociais, e a curiosidade, que nada mais é do que a inteligência!

Chá de bebê: O que não pode faltar na sua lista de presentes?

Uma das partes mais divertidas e emocionantes da gravidez é o tão esperado Chá de Bebê! É neste encontro que reunimos pessoas queridas que celebram conosco este momento tão especial: o início da maternidade!

Porém, além da alegria compartilhada, o Chá de Bebê também é uma grande ajuda para a mamãe nessa nova fase, graças aos presentes que os convidados dão ao neném. Mas afinal, o que não pode faltar na sua lista de presentes? Confira nossas dicas!

Para o Dia a Dia:

Aqui vamos listar os acessórios básicos, tais como: fraldas, chupetas, babador, paninhos de ombro, mamadeiras, esterilizador de mamadeiras, escova de mamadeiras, bolsa para passeio, entre outros. Para aqueles que são mais próximos e querem dar um presente um pouquinho maior, liste coisas como carrinho de bebê, cercadinho, cadeirinha para carro, babá eletrônica, além de outros móveis para o quartinho, como cômoda ou berço, por exemplo.

Para vestir:

As roupas são itens obviamente indispensáveis do chá! Porém, é importante listar aquilo que você precisará agora, como bodies de manga longa e curta, calças com ou sem pé, macacão, pijaminha, sapatinho de tecido, gorro, casaquinhos e mantas para passeio. Contudo, aquelas roupinhas maiores, que só caberão no seu bebê daqui uns meses, não necessariamente precisam ser trocadas, pois eles crescem muito rápido e vão perdendo essas peças de recém-nascido. Por isso, liste aquilo que não pode faltar, mas também deixe os convidados encherem seu filhote de roupinhas lindas!

Para os cuidados com o bebê:

Muito importante para essa fase são os itens de banho e higiene, como toalhas, banheira, cortador de unha, sabonetes líquidos, shampoo, entre outros mimos. Além disso, outros itens, como trocador portátil, bolsa térmica, espelho retrovisor para o carro, cobertores, jogos de lençol para o berço, podem ser ótimas pedidas! Para o travesseiro do bebê, é importante que você consulte o pediatra para saber se é recomendado ou não. Normalmente, para bebês até 12 meses não é necessário, contudo, caso seu filhote sofra de refluxo, por exemplo, pode ser que o médico oriente!

Para os cuidados com a mamãe:

Apesar da grande ansiedade da chegada do bebê, e também da preocupação em deixar tudo perfeito pra ele, não podemos esquecer da estrela principal deste show: a mãe!
A gestação é um período muito especial e único na vida de uma mulher, e além das coisas boas, também se vive uma fase de hormônios à flor da pele, cansaço, ansiedade e stress. Por isso, se você for a um chá de bebê, lembre de dar um carinho à mamãe, e se você for a dona do chá, sinta-se à vontade para pedir o seu presente! Uma excelente dica, são as joias da GOODI que foram feitas para conectar ainda mais você e seu neném, pois são mordedores que servem como acessórios lindos pra você. Durante a amamentação, em passeios ou em qualquer lugar, as peças da GOODI arrasam no look e ainda distraem, relaxam e acalmam o bebê. Dê uma olhada no site!

Essas são algumas opções a serem consideradas na hora de montar sua lista! Esperamos que goste das nossas dicas e faça da sua festa, um dia inesquecível.

Mamãe de primeira viagem! 4 dicas para ficar mais estilosa nessa fase

Se você é mãe de primeira viagem, sabe que ao longo da gestação o seu corpo vai mudar, mas ainda não sabe o que esperar. Mas se você é mãe de segunda, terceira ou seja lá qual for a sua viagem, esse texto também vai te ajudar, porque apesar de já conhecer a mudança do seu corpo durante esse período, não pode descuidar da autoestima, e dicas para ficar mais estilosa nessa fase, serão sempre bem-vindas!

ORGANIZAÇÃO

A primeira dica que te damos é sobre organizar o seu armário: separe suas roupas. Aquelas que já não servem faz tempo, mas você continua guardando, não vão servir (definitivamente!) durante a gravidez, pois então, TCHAU, TCHAU!
As outras que você nunca usa, mas sempre guarda achando que uma hora vai usar, também devem ser eliminadas. Coloque na sua cabeça que se você não usou em anos, não é agora que vai usar! Abra espaço pra novas peças, resgate aquelas antiguinhas, gostosas de ficar em casa, e já as deixem cheirosinhas porque com certeza você irá usar! Guarde em malas aquelas que você ama, mas não vai rolar com o barrigão, e depois da gravidez você retoma.

SOLTINHAS E LARGUINHAS, MAS BONITINHAS!

Atenção: não é porque está grávida e as pessoas vivem dizendo pra usar roupas confortáveis e arejadas, que significa que seu armário deve ser repleto de peças pra ficar em casa!
Existem diversas opções de roupas mais soltas, que vão te proporcionar o conforto necessário, mas não é preciso fazer compras somente em lojas de gestante, por exemplo. A melhor dica é comprar uma pecinha que caiba naquele momento, lá na loja que você sempre gosta, e guardar para usar durante a gravidez e depois, com alguns ajustes.

 MANTENHA A SAÚDE EM DIA!

Para uma boa gestação é FUNDAMENTAL uma boa alimentação e seguir as dicas nutricionais do seu médico, evitando aquilo que pode causar problemas e aproveitando aquilo que fará bem pra você e o neném! Porém, algumas dicas como beber bastante água e procurar fazer drenagem durante a gestação, são ótimas para diminuir os inchaços. Além disso, manter a pele hidratada, por dentro com água, e por fora, com óleos, também é importante. A famosa dica do óleo de amêndoa pode te ajudar a evitar estrias na barriga.
Cuide do seu corpo durante a gestação, pois de nada adianta pensar somente no bebê. Quando a gravidez acaba, você continuará com você!!! 😉

ARRASE NOS ACESSÓRIOS!

Como complemento do seu look, nada como um bom acessório pra acompanhar! Além de dar outra cara ao visual, por estar próximo ao rosto, pode dar um ar de alongamento e até uma “afinada”. Aposte no colarzão, nos braceletes, brincos… Já pra acertar mais ainda, confira a linha de joias da GOODI, que foi feita especialmente para mães e filhos. São peças siliconadas, feitas para distrair o seu bebê enquanto o amamenta, por exemplo. Além disso, são ótimos mordedores para aqueles que estão sofrendo com a angústia dos dentinhos! Lindas, modernas e empoderadas, são peças que dão um up no visual e sempre trarão muito boas lembranças.

O que o bebê tem que comer aos 6 meses?

Até os seis meses de idade você amamentou o seu bebê, e finalmente chegou a hora de começar a apresentar e introduzir outros sabores! Mas o que ele pode comer?

Segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), a orientação é começar a instigar o paladar das crianças com produtos in natura, ou seja, alimentos naturais, como frutas. É importante frisar que nesta nova fase, não são indicados alimentos liquidificados, por perderem suas propriedades, mas sim, papinhas! Frutas amassadinhas é a dica.
Além disso, o Guia Alimentar para Crianças Menores de 2 anos, documento oficial do Ministério da Saúde, orienta que sucos não devem ser oferecidos antes do primeiro aniversário, por conta da quantidade de açúcar que contém – cerca de uma vez e meia a mais que uma fruta.

Dessa forma, boas opções de alimentos são:

Purê de frutas – nos lanchinhos da manhã ou da tarde, frutas raspadas ou amassadas como banana, pera, maçã e mamão são boas opções. Você também pode cozinhá-las, mas sem acrescentar açúcar!

Mingau – de cereais, farinhas e amido, partindo de fontes como milho, trigo, arroz e mandioca são excelentes sugestões se estiver de acordo com as orientações do pediatra ou do nutricionista.

Glúten – não estenda sua dieta ao seu filho, pois são organismos completamente diferentes em suas necessidades. O glúten não deve ser afastado do bebê, pois o contato com ele, reduz as chances de qualquer tipo de intolerância alimentar no futuro. Em todo caso, converse com o pediatra.

Legumes – em forma de sopa ou purê, esses alimentos são indispensáveis para o desenvolvimento do seu bebê, por serem ricos em vitaminas, minerais e fibras. Os pratos devem ser feitos sem utilizar sal, permitindo apenas o uso do azeite (quando o prato já estiver pronto) na quantidade de uma colher de chá. Cenourinhas, batata-doce, chuchu, abobrinha, cebola, batata e abóbora são exemplos de opções saudáveis!

Vale ressaltar que ainda que a idade estipulada para a inserção de outros alimentos na dieta do bebê seja 6 meses, isso não será regra, assim como qualquer outra coisa. Cada criança possui um organismo e um ritmo, e isso deve ser respeitado e observado. É legal que você note que ele perceba a existência da comida, como quando quer pegar o que a mãe ou alguém está levando à boca, e quando ele já está se sustentando bem quando se senta.

Agora que você já sabe por qual caminho seguir para iniciar essa nova etapa, lembre-se que inserir outros alimentos não dispensa a amamentação, pois são complementos para o desenvolvimento do seu pequeno. A amamentação continuará sendo elemento fundamental para que seu bebê cresça forte e saudável!

Presente para chá de bebê: Como surpreender?

Se você já frequentou chá de bebês, sabe que esse é um evento especial para a família, pois é o momento de festejar a vida de uma criança muito esperada e amada. Além disso, é uma oportunidade para os pais de receberem uma ajudinha dos amigos, com peças necessárias para o começo da vida do bebê.

Contudo, apesar de sabermos que fraldas são importantes, às vezes é legal investir em uma ideia diferente para presentear, não é mesmo? Além do mais, muitas vezes o foco é somente no tão esperado bebê e esquecemos que tão importante quanto, nessa fase, é a mãe! Pensando nisso, vamos sugerir algumas dicas de presentes diferentes para que você surpreenda ainda mais essa nova mãe e seu filho.

Dicas para surpreender:

– Joias da Goodi:

As joias de silicone da Goodi sempre são um sucesso! Diferentes, inteligentes e lindas, as peças são emborrachadas para que o bebê possa brincar e morder, além de deixar a mãe com um visual incrível. Elas são super úteis para distrair a criança e podem ser encontradas em forma de colares e braceletes! Um presente eterno, que sempre remeterá a mãe ao tempo em que seu filho era bebê. <link do site>

– Produtos de SPA

Para deixar a mamãe relaxada e para que ela possa se cuidar, uma ótima opção são hidratantes e outros produtos de banho. O óleo de amêndoa é uma ótima opção de presente, pois durante a gestação, é muito importante para manter a pele hidratada e ajuda a evitar estrias.

– Algo feito por você!

Tão especial quanto um presente escolhido com muito carinho, é um presente feito por você mesmo! Aproveite de alguma habilidade que tenha, como por exemplo, artesanato, costura, algum dom artístico como gravar uma canção ou um livro de mensagens e recordações.

– Kits

Monte kits para a mamãe e o bebê! Eles podem ser com o intuito de colaborar na praticidade de alguma coisa, como por exemplo, um kit higiene e beleza (com cortador de unha, loção, shampoo, sabonetinho etc); kit papinha (com pratinhos, talheres, copinhos e babador) e até mesmo um kit diversão, com opções de brinquedos lúdicos, de pelúcia e mordedores – como os da Goodi – para que o bebê se distraia onde estiver.

Invista nessas ideias e comente com seus amigos para inovar nos presentes!

Como preparar o seu bebê para o inverno?

Tempo seco, baixas temperaturas e pessoas aglomeradas: essa é a receita básica para que as doenças do frio sejam disseminadas. Mas afinal, como preparar o bebê para o inverno? Confira dicas sobre como cuidar do seu pequeno nesta temporada e o manter saudável e quentinho!

– Estenda as roupas guardadas

É muito importante que aquelas roupas que ficam lá no fundo do guarda-roupa sejam lavadas e colocadas ao sol, se necessário, para que não haja o risco de provocar alergia no bebê.

– Cuide da alimentação e, principalmente, se hidrate

Na época de frio, em que suamos menos, nos esquecemos por vezes de beber água, mas isso é um grande erro! Se mantenha hidratada, evitando problemas de saúde.

– Mãos sempre lavadas!

Lembre-se que a maior forma de contágio é pelo ar e mãos, e as crianças, sempre curiosas, tocam em tudo e depois levam as mãos à boca. Por isso, lave sempre que possível ou utilize o álcool gel para prevenir bactérias e vírus.

– Muita roupa e gorro!

O índice de otite nessa época do ano é alto, principalmente em bebês. Portanto, ainda que alguns reclamem, não permita que saiam de casa sem touca ou sem proteger os ouvidos. Em dias mais frios, agasalhe-o bem para que fiquem protegidos! Durante a noite, de preferência a edredom, para evitar alergias respiratórias, e sempre quentinho!

Seguindo essas dicas, não tem erro! Aproveite o inverno com seu pequeno e curtam o frio juntos!

Atenção: Como escolher o presente certo para recém-nascido

Escolher o presente certo para o recém-nascido não é tão difícil quanto parece. Apesar dele ainda não ter gostos próprios, existem muitas de opções interessantes que podem ser úteis tanto para o bebê quanto para a mãe e o pai!

Uma ótima dica de presente, são as joias da GOODI, desenvolvidas anatomicamente com bordas macias e arredondadas, 100% de silicone, para dar um up no visual e ainda servir de mordedor para o pequeno! Dessa forma, são dois presentes em um só, no qual você agrada a mãe e o bebê, que pode brincar e se distrair com os colares e pulseiras.

Para não errar no presente, evite objetos com cheiro forte ou que possam provocar algum tipo de alergia no bebê; busque presentar com coisas que os pais terão que comprar em algum momento, como fraldas, roupa de cama para o berço etc. Além disso, roupa nunca é demais, porém, se forem todas com tamanho para recém-nascido, pode ser demais sim! Os bebês crescem muito rápido e os pais vivem reclamando do fato de perderem roupas novas. Por isso, escolha roupas um pouco maiores, que podem ser guardadas e usadas num futuro próximo!

Conheça os gostos da mãe, veja a decoração do quarto do pequeno e se baseie nisso para acertar em cheio no presente! Se não, opte por coisas que são práticas e necessárias no dia a dia, pois na loucura de cuidar do recém-nascido, qualquer ajuda já vale muito!

Presente para recém-nascido: 5 dicas para não errar

Quando um bebê chega ao mundo é sempre motivo de festa e alegria para os que estão em volta. É neste momento que os amigos compram presentes para o recém-nascido e para a nova mãe. Mas você sabe o que escolher para não errar? Separamos algumas dicas para te ajudar e presentear de maneira inesquecível esse novo bebê!

1 – Joias GOODI

As joias da GOODI são uma excelente opção para presentear mãe e bebê de uma só vez! Isso porque são colares hipoalergênicos, resistentes, do mesmo material do mordedor tradicional para que a mãe possa usar um acessório feminino, sem deixar de distrair e cuidar do bebê que pode usar a joia como mordedor! Demais, né? Uma dica e tanto!

2 – Roupas

Todo mundo gosta e todo mundo quer: roupas!
Pelo fato de o bebê ser ainda muito pequeno, a melhor opção é comprar roupinhas um pouco maiores para que possam ser usadas no futuro. Dessa forma você presenteia a criança e ainda colabora com o bolso da mãe, já que os bebês crescem muito rápido e perdem roupas na mesma velocidade.

3 – Paninhos/Fraldinhas

Outra ótima opção para presentear um recém-nascido é comprar fraldinhas de pano para que a mãe use com o pequeno. Seja para limpar saliva, golfos e até mesmo para os momentos em que o neném queira dormir com o paninho!

4 – Baby Sling

Confortável para o bebê e super prático para os pais, o Baby Sling é perfeito para o dia a dia e com certeza um presente que será muito bem aproveitado! Além de ser uma facilidade para os pais em um passeio. Eles mantém o bebê juntinho do corpo do pai ou da mãe, o que oferece uma maior sensação de paz e segurança para o bebê.

5 – Personalizado

Se você gosta de presentes exclusivos, pode fazer um quadrinho personalizado para o recém-nascido! Existem diversos modelos e você pode criar o seu, com o nome, dia do nascimento, peso e medida; ou apenas com uma mensagem especial para enfeitar o quartinho dele!